Os Homens das Cavernas Queriam Visitar a Lua

Todo ser humano tem (ainda), o direito de sonhar. Os homens das cavernas, a milhares e milhares de anos também sonhavam, não apenas quando estavam dormindo, mas também quando estavam acordados, como qualquer um de nós.

Bem, é lógico que quando estavam em suas rodas de fogo, sentados conversando entre si, muitos apresentavam ideias de ser possível chegar até a Lua. Talvez subindo numa montanha extremante alta, ir navegando em uma balsa pelo mar até cair num possível penhasco e coisas assim. Hoje isso parece bobagem mas pense bem, tem pessoas ainda hoje, muitas vezes universitários, que pensam em viajar pelas estrelas em uma Nave Estelar como a celebre Interprise de Jornada nas Estrelas ou a Millenniun Falcon de Guerra nas Estrelas.
70272064-enterprise-wallpapers
Não quero ser estraga prazer das pessoas leigas ou de sonhadoras, de forma alguma. Tanto que graças a muitos cientistas sonhadores é que temos o que existe hoje, mas não graças a fantasias apenas. Não é possível ir a Lua de balão, por maior e melhor que possa ser feito, assim como não se pode visitar um planeta noutro Sistema Solar Estelar por melhor que seja a espaçonave.

Para se ter ideia, a estrela mais próxima além do Sol, a Próxima Centauri esta a pouco mais de 4 anos-luz de distancia, ou seja, 40 Trilhões de quilômetros. Nossa “Interprise” mais rápida, o Onibus Espacial, tem velocidade de 8 km/s (isso mesmo, 8 km por segundo), que levaria quase 160.000 anos terrestres. Imagine a quantidade de combustível e alimentos para manter 8 mil gerações de pessoas viajando para dar de cara com um sistema estelar sem condições de vida.

wan hu.png

Claro que muitos podem dizer, e com razão, que nada sabemos do futuro e que vamos descobrir uma maneira de criar combustível para essas naves de forma infinita, ou que as pessoas viajariam em sono profundo, guiados por um super computador (Hal 9000?). Outros falam em “aproveitar” os Buracos de Vermes descritos por Albert Einstein e coisas assim. Mas, quando chegarmos a esse ponto, de viajarmos talvez na Velocidade da Luz, ou até mesmo acima desta velocidade (que o próprio Einstein afirmou ser o limite), porque razão a faríamos? Com esse poder poderíamos criar uma planeta igual ou melhor que a Terra a qualquer momento. Talvez apenas por puro prazer cientifico, desejo de conhecimento.

Escrevi este texto devido a uma noticia que saiu na imprensa semana passada, de um possível sinal de radio de uma estrela vizinha, bem pertinho aqui da Terra, a Ross 128. Supondo que haja uma civilização vivendo na mesma época tecnológica como a nossa (pelo menos em 2006 enviaram o sinal), e supondo ainda que fossemos de onibus espacial, quanto tempo levaríamos? Fiz no Excell uma calculadora para facilitar os cálculos. Como a estrela esta a 11 anos-luz, pouco mais de 100 trilhões de quilômetros, levaríamos mais de 400 mil anos viajando no tal onibus, cuja velocidade máxima é de 8 km/s. Quando chegarmos lá, no ano 410.000 da Terra, com certeza eles estariam bem mais avançados (ou teriam se destruído!). Quem desejar a calculadora entre em contato.

calculadora estelar

Não escrevi este texto para fazer o leitor desistir de sonhar, pelo contrario. Eu também sonho mas temos que sonhar com os pés no chão e não fazer como aquele chines (Wan Hu), que sentou numa cadeira com vários foguetes para ir a Lua. Acredito que devemos sim continuar a conquista espacial mas ANTES de tudo, focar na FISICA, investir recursos nos trabalhos, pequisas. na formação de professores e divulgação da Física. É ela, e somente ela que irá nos levar às estrelas ou, num primeiro instante, nossos clones entrelaçados quanticamente para viajar até os mais distantes rincões  da Galáxia, na mais pura e bela ânsia de conhecimento.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s