A Arte Não Foi Feita Para Agredir

Não iria sequer comentar aqui no meu espaço a tal “Exposição Cultural”, que para mim não passa de uma mera manifestação política chamada “Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, organizada por uma pequena parcela possivelmente doentia da nossa Sociedade.

Mascarada de defender os direitos LGBT, fez justamente o contrário, que é jogar as pessoas comuns contra elas (as LGBT), que de forma alguma compactuam com aquelas bizarrices, vulgaridade e criminalidades apresentadas no dito espaço do Banco Santander. Usando velhos clichês e pornografia barata de porta de banheiro público, passa a defender coisas que estamos lutando para afastar de nossas vidas como seres civilizados.

Tal fato só passou pelo curador (o culpado direto, e não o Banco em si), pois como se sabe, arte é como a fé, não é possível quantificar. Desta forma, nasceu um movimento chamado “Arte Moderna” que visa ir contra tudo que se estabeleceu sobre a arte, ou se considerava como arte. Agora qualquer pedra recolhida no chão ou um coco de cachorro pode ser levado para uma exposição.

Hoje, qualquer maluco bem ou mau intencionado acredita que é artista e desta forma deseja fazer parte do mesmo grupo de Rodin, Picasso, Mozart etc. Desta forma, não tendo a menor tendência para a Arte, se valem de artifícios chulos que costumeiramente “apreciamos” em portas de banheiros públicos. Outros pintam uma tela totalmente de preto e a conceituam como arte. Lixo, esterco, camas desarrumadas pra eles tudo é arte. Mas muito longe de ser.

Então, o cidadão comum quando visita uma determina exposição de arte, fica pensando o que um quadro totalmente preto poderá significar para um intelectual: A negação da existência? Somos apenas pó e trevas? Na verdade, é apenas uma tela preta, sem significado algum.

Screenshot_6Existe Arte e existe a tal “Manifestação Cultural”, onde um determinado grupo geralmente ligado a política (pois recebe grana do Estado para bancar suas paranoias como esta do Santander), expõe qualquer lixo querendo que a sociedade também aceite como normal. Muitos defendem tal posição alegando que a internet esta repleta de pornografia ou que todos os padres são pedófilos. Felizmente não é verdade nenhuma das afirmações. Só vai achar pornografia na web quem procura. Agora, por este pensamento pequeno, em breve poderão querer expor cenas de crimes, de torturas para as crianças aprenderem pois há criminalidade o tempo todo na TV.

Há artistas que fazem montagens de fotos e até colocam desenhos bonitos alegando que o Nazismo não foi bem compreendido ou que a pedofilia seria direito do cidadão comum num mundo futuro avançado, sendo também direito de qualquer criança de 5 ou 8 anos fazer sexo com quem ela bem desejar em uma sociedade livre e democrática. Há pessoas que pensam assim e se manifestam através de “supostas” obras de arte, mas que são antes de tudo, ferramentas criminosas para tentar passar a ideia de coisa legal, quando se sabe que é crime.

A arte conceitual ou Arte Moderna não enriquece a nossa cultura pois enaltece a vulgaridade, ela degrada e empobrece a sociedade ao exaltar o vultar, o grosseiro, o escatológico, como bem escreve Paul Joseph Watson.

É preciso que a Arte tradicional volte a ser ensinada nas escolas, talvez desde o fundamental. Não que a Arte Moderna não tenha bons expoentes mas não se pode dizer que tudo é arte. Necessário também que se criem um órgão de defesa da verdadeira arte e que apoie quem faz bons trabalhos e não quem pensa que é artista ou está engajado em outros ideais.

Arte pode ser subjetiva como dizem e pode parecer humanamente impossível conceitua-la, mas não é verdade! Como disse o juiz Potter Stewart ao definir “pornografia”. Enquanto a Suprema Corte dos Estados Unidos se empenhava em definir um padrão, Stewart declarava: “Quando eu vejo, eu sei”.”. Da mesma forma, um bom curador saberá diferenciar entre uma obra de Arte e qualquer outra coisa que não tenha esse propósito.

Screenshot_5.png

Link das fotos acima: https://curiator.com/art/shahak-shapira

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s